Falta de vagas para idosos em supermercado

Por em 30/09/11

Pode parecer chato – e talvez até seja – mas pelo que sei existe uma lei que prevê a existência de vagas para idosos, seja em estacionamento de ruas ou de empresas. No caso de Vila Velha, elas existem em algumas ruas, mas em outras, não. É o caso do Centro, próximo à antiga Prefeitura e mesmo em ruas adjacentes. Como está a cada dia mais difícil estacionar, a existência de tais vagas acabaria facilitando a vida de quem já entrou na terceira idade, pelo menos em princípio, já que na maioria das vezes elas são ocupadas por quem não teria, pela legislação, direito de usá-las. A Prefeitura precisa agir, não só para criar os espaços, mas também para fazer s fiscalização, garantindo que sejam ocupados por aqueles a que são destinados.

Outro caso são as empresas. Também elas são obrigadas a reservar espaço para os idosos – e para pessoas com necessidades especiais. No caso do Supermercado Carone, na sua loja da Avenida Champagnat, há apenas uma vaga para idosos e, invariavelmente, ela está ocupada. Seguramente, o estacionamento tem mais de 20 vagas e, por isso, deveria ter mais espaços para os idosos, já que a lei estabelece em 5% o percentual destas vagas. O percentual é muito menor.

O problema, nos dois casos, é que quem deveria fiscalizar o cumprimento da lei é quem a primeiro desrespeita: A Prefeitura. Sabendo disso, fica o registro e o protesto pelo descumprimento de uma legislação que beneficiaria uma boa parcela da população.

Você deve se logar para comentar Login